IMPLEMENTOS
AGRÍCOLAS

vermelho.png

É fato que quando o assunto é otimização de tempo, agilidade e aumento dos lucros, os implementos agrícolas se apresentam como uma excelente alternativa para produtores rurais.
Em geral, eles são utilizados para facilitar o trabalho no campo, bem como, atender prazos e demandas do mercado.

Conheça alguma das marcas que trabalhamos:

LAVRALE.png
jumil.png
logo.png
JF MAQUINAS.png
logo-nogueira.png
logo_piccin.png
Tatu_Marchesan.png
jacto-seeklogo.com.png
cemag.png

Então, se você pretende elevar significativamente o desempenho das atividades agrícolas e melhorar os resultados da sua fazenda, sugiro que você me acompanhe até o final desse artigo.
Aqui você vai conhecer de forma mais detalhada as diversas opções que existem no mercado e os critérios que deve considerar antes de fazer a sua escolha.

Quais são os tipos de implementos agrícolas?

No geral, existem vários tipos de implementos agrícolas. No entanto, selecionamos os principais. Para conhecer saber mais sobre todos os implementos pode entrar em contato com a nossa equipe de vendedores a qualquer momento.

Arado

Em resumo, o arado tem como função preparar o solo para o cultivo de plantas. Dessa forma, ele revolve a camada subsuperficial do solo, promovendo o enterrio de restos de cultivos ou plantas daninhas.
Além disso, melhora a infiltração de água e é o implemento agrícola mais utilizado na construção de curvas de nível e incorporação de adubos e corretivos de solo.
Em síntese, os arados são classificados conforme o seu formato. Sendo assim são divididos em:

Semeadoras

Antes de tudo, cabe ressaltar que apesar de ter uma função simples, as semeadoras são a classe de implementos agrícolas que mais evoluíram nos últimos tempos.

Em suma, elas são responsáveis por depositar a semente no solo para o desenvolvimento das plantas. Todavia, para garantir maior precisão e rendimento nas culturas, este implemento agrícola acumulou outras responsabilidades.

Portanto, atualmente, além da sua função principal, é possível encontrar no mercado semeadoras que fazem a adubação diretamente no sulco de plantio.

Esse modelo é conhecido como “semeadora-adubadora”. Entretanto, para que funcionem corretamente, eles precisam de alguns cuidados. Isso porque os seus mecanismos dosadores são acionados por rodas motrizes, que giram de acordo com o contato com a superfície do solo.

Na prática, a regulagem das semeadoras é o fator que mais influencia no estande inicial de plantas, principalmente, em propriedades que fazem uso da agricultura de precisão. Então, a fim de sanar problemas relacionados a má distribuição de sementes a campo, foram adicionados uma série de sensores a estes implementos agrícolas.

Grades

Da mesma maneira que os arados, as grades são utilizadas no preparo do solo. No entanto, o objetivo é melhorar as condições para semeadura, germinação, desenvolvimento e produção das plantas.

A princípio, as grades são muito usadas no sistema convencional de cultivo de plantas. Logo, exercem as funções de:

  • Desagregar e quebrar torrões;

  • Nivelar a superfície do solo;

  • Picar e incorporar, de forma superficial, restos de culturas;

  • Incorporar insumos aplicados a lanço.

Contudo, as grades podem ser classificadas de acordo com o seu órgão ativo, isto é, a peça que atua diretamente no solo. São elas, grades de:

Dentes: possui estruturas de metal, como se fossem dentes, em sua composição, que podem ser rígidos ou articulados.

Molas: apresenta o formato da estrutura que fica em contato com o solo, semelhante a uma mola.

Disco: é o tipo de grade mais utilizada na agricultura. Sendo ainda dividida em grande niveladora e aradora.

Embora sejam implementos agrícolas muito comuns nas fazendas, eles devem ser utilizados com cautela. Isso porque, caso sejam usadas de forma inadequada podem acarretar problemas como: alto gasto de combustível, pulverização do solo (deixando-o propenso a erosão),formação do “pé de grade” e compactação do solo, em função do seu peso.

Pulverizador

Os pulverizadores exercem a função de realizar as aplicações dos produtos fitossanitários nas lavouras. Em virtude disso, ajuda a mantê-las livres de insetos, pragas, patógenos e plantas daninhas.

Em síntese, os pulverizadores são ferramentas versáteis, destinadas a diferentes tipos de culturas. Sendo que, as principais são:

Pulverizador atomizador: indicado para aplicações de produtos fitossanitários na fruticultura. No geral, ele funciona por meio da geração de uma corrente de ar capaz de transportar as gotas até a copa das árvores. Além disso, caracterizam-se pela presença de um ou mais ventiladores, responsáveis pela geração do fluxo de ar.

Pulverizador de barra: contém um tanque de volume variável e barras com os bicos de aplicações e podem ser utilizados em variadas culturas agrícolas, desde que possuam a altura necessária para as aplicações. Ademais, podem ser equipados com diversas ferramentas modernas que permitem pulverizações em taxa variável.

O uso de implementos na atividade agrícola auxilia o produtor em todas as etapas da produção, desde a preparação do solo, seguida pela manutenção das lavouras até no momento da colheita. Dessa maneira, eles contribuem para que os processos evoluam de forma mais rápida e eficiente.

Além disso, permitem que as atividades sejam desenvolvidas com menos falhas bem como não exigem quantidade grande de mão de obra.